Imagem simples para imagem inesquecível

Imagem simples para imagem inesquecível

Imagem simples para imagem inesquecível

Fotografar casamentos, normalmente à noite, algumas poucas vezes de dia, é sempre um limitador para o uso criativo das cores.

As cores, em qualquer lugar, mas especificamente na fotografia, transmite sensações, que por sua vez evocam emoções.

O fogo na fotografia. É quase que um cliché cinematográfico, usar de uma cena proxima de uma lareira para “esquentar” uma cena sensual e ou de amor. Fosse para expressar um envolvimento singelo, uma simples troca de olhares configurariam a mensagem. Para agregar tintas de uma paixão, o fogo é o grande pano de fundo. Não é a toa que até músicas já foram feitas com o tema “O fogo de uma paixão”.

Captura de tela 2014-09-15 às 16.22.32

Captura de tela 2014-09-15 às 16.23.32

O fotógrafo que não se limitar apenas as fotos ao estilo de fotojornalismo, deve buscar criar expressões visuais para representar o que ele pretende registrar para contar sua história. Para mostrar como “ele viu” o que acontecia naqueles momentos, ou em outras palavras, fazer um registro com arte.

Foi com esta intensão que resolvemos criar uma foto bem diferenciada para um de nossos casais. Nesta foto, tomamos as alianças para simbolizar o amor que uniu o casal. Pano de fundo de chamas, serviu para deixar a mensagem. Claro que a cada olhar para esta foto, uma emoção diferente se manifesta. Isto é normal. Mas uma coisa é certa, esta é uma imagem que não passa como uma imagem comum.

Captura de tela 2014-09-15 às 16.25.18

Captura de tela 2014-09-15 às 16.26.58

É em imagens como esta que transformamos o ordinário em extraordinário. Da imagem simples, para a imagem inesquecível.

Captura de tela 2014-09-15 às 16.28.49

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

One Response

  1. Vaneass disse:

    Muito bom Beto. Sem vocea jamais temioras estes momentos registrados. Espero que a ABES tenha como armazenar este acervo para no futuro relembramos o nosso passado. As coisas boas que estamos fazendo Uma abrae7o, Vitorio.