prevnext

O ângulo perfeito

O ângulo perfeito

O ângulo perfeito

O ângulo fotográfico e as emoções de um casamento.

Fernanda e Jose Candido casaram-se na Toscana. Mais precisamente no Hotel Fazenda Borgo Toralle, próximo de Assis, na Itália.

Tive a honra e prazer de ser convidado para compartilhar dos incríveis momentos que transcorreram ao longo de três dias no aprazível local escolhido pelos noivos. O Borgo Toralle era um cenário perfeito para um filme romântico.

Fernanda me confessou que era apaixonada pelo filme “Cartas para Julieta”. Em situações assim, um fotógrafo deve, mais de que impor um estilo pessoal, produzir, como um diretor de cinema, um “filme” de acordo com o roteiro que o produtor lhe dá e para realizar lhe contrata. É muito comum que fotógrafos se achem “artístas” e queiram “impor” o seu estilo. Mas, no meu entendimento, o que deseja um cliente, seus clientes, é o que profissionalmente devemos procurar lhes atender. Muitas vezes este “roteiro”, “script”, não é claro. A noiva, os noivos, não sabem bem o que querem. Cabe o fotógrafo buscar entender o que desejam os noivos. Ora, se eles escolhem para casar num hotel de campo, no interior da Itália, é porque eles querem o romantismo que está ligado a este cenário e seus significados.

Assim, com a dica de que o filme “Cartas para Julieta”, era uma referência nas emoções da noiva, nossa missão foi buscar fotografar o casal com o “tons” mais românticos que podíamos. E mais do que os tons, os ângulos.

Sim, os ângulos determinam sentimentos na tomada de imagens. Sabemos que ângulos de baixo para cima, transmitem uma sensação de inferioridade, de indefesa, de opressão, e dai serem muito utilizados em filmes de drama ou terror. Os ângulos nivelados são neutros. Não acrescentam nem tiram emoções.

Já os ângulos superiores, de cima para baixo, transmitem uma sensação de observação, de eloquência, de romantismo. Neste foto, que para nós serviria com cartaz de um filme de romance, sentimos que conseguimos expressar todo envolvimento emocional que vivia o casal naquele momento da primeira dança. Claro que esta não foi a única deste momento, mas para nós foi a melhor. A que carregou o máximo de emoções.

E como o lema do Momento fotográfico é “Momentos são emoções. Você sente. Nós fotografamos.”, acho que demos por bem cumprida nossa missão.

Não esqueçam, vocês noivas e noivas, conversem com seus fotógrafos. Passem-lhe o máximo de informações sobre seus gostos e expectativas. Sendo ele um profissional com habilidade e competência, certamente ele irá produzir as imagens que flutuam em seus sonhos de princesa.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

One Response

  1. Maria Lacerda disse:

    Sao inesquecíveis todas as fotos que vc fez da minha família. Todos os clicks superaram nossas expectativa.
    Só posso agradecer por tudo. Cada vez que olho as fotos, uma alegria e emoção voltam na mente e no coração. Isto não tem preço, não se paga nunca.